A perda

1 nov
Oii! =]
E aí, tudo bem??
Espero que sim…
Hoje eu vim falar um pouco sobre como as coisas mais simples da vida
podem nos ajudar a ser pessoas melhores:
A derrota do time de futebol, a perda de algum objeto valioso ou até
mesmo o adeus de um ente querido: tudo isso pode influenciar positivamente
na vida de alguém.
Acho que cada dia mais eu tenho percebido que, por mais que seja chato (e triste)
sair derrotado, essa é uma realidade necessária.
O principal motivo disso é que alguns dos melhores sentimentos da humanidade não
existiriam se as pessoas fossem sempre bem-sucedidas em tudo o que buscam.
Quer um exemplo?
Onde ficaria a humildade, a simplicidade e a generosidade se todos só ganhassem a todo momento?
Não existiria união, e a sociedade capitalista seria ainda mais individual, por mais que isso pareça impossível.
Pois é… O mundo seria ainda pior.
Perder significa o início de um Renascer.
E renascer significa renovar as esperanças, lutar pelos sonhos e ajudar o próximo.
Portanto, diante de qualquer circunstância encarada como “perda”, lembre-se que
é daí que se inicia um novo trajeto, e que isso é só uma prova do que é estar vivo.
“No final tudo dá certo, se não der, é porque ainda não chegou ao final.”
Um grande beijo…
Vânia.

Uma resposta to “A perda”

  1. Maicon 01/11/2008 às 10:26 PM #

    Adorei VâniaNem sempre a batalha mais feliz e aquela que saimos vitoriososmais sim é aquela que saimos com a certeza que fizemos o melhor…bjos xau

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: