Dilema Profissão X Sociedade

5 jan

Profissão.

Tá aí uma coisa que a Sociedade contemporânea valoriza. E muito.

Uma pessoa se torna “pré-estabelecida” a partir do exato momento em que se define profissionalmente. É diante de sua ocupação que se baseará todo o seu prestígio social.

Infelizmente…

Prova disso foi uma pesquisa feita pelo site do Jornal Hoje, que mostrou que a grande maioria dos jovens (41%) se preocupa constantemente com seu futuro profissional. http://g1.globo.com/videos/jornal-hoje/v/futuro-profissional-assusta-jovens/1400821/

E não é por menos: Além dos aspectos sociais citados acima, a profissão envolve  grande parte do nosso tempo e é a responsável por garantir um estado de ocupação e utilidade que são indispensáveis para a plena saúde de qualquer indivíduo. (Daí os tão comuns casos de depressão em desempregados e aposentados). 

Porém, o que grande parte das pessoas esquece é que não é possível ser plenamente realizado fazendo-se algo de que não se gosta. Ou que simplesmente não tem nada a ver com sua personalidade.

Não é justo, por exemplo, que os jovens sejam obrigados a escolher sua carreira baseados em passado familiar ou pressão dos pais. O leque de possibilidades hoje é enorme. Há profissões para todos os gostos. A informação sobre elas é facilmente adquirida na internet. Existem programas educacionais que garantem bolsas de estudos e tudo mais.

Há oportunidades de escolhas corretas. O problema é que ainda, em muitos casos, essa idéia de safisfação de terceiros persiste.

Chegou a hora de parar, pensar e repensar. Será que o que você faz ou pretende fazer é realmente “a sua cara”?

É uma pergunta de difícil resposta. Mas necessária.

Afinal, você não quer passar os próximos 20 anos apenas aparentemente realizado, não é mesmo?

P.S: No próximo post, um depoimento motivacional de Steve Jobs-criador da Apple.

Até a próxima.

5 Respostas to “Dilema Profissão X Sociedade”

  1. Crash 06/01/2011 às 1:14 PM #

    Muito bom o post… realmente uma questão de extrema importância. Os jovens hoje em dia são adeptos das facilidades… a cultura moderna é a cultura do ‘não pensar’… os objetivos perdem-se frente as dificuldades e as opniões alheias e eles acabam indo pelo caminho mais fácil ou que deixe os terceiros felizes… O jovem brasileiro tem que ser mais pró-ativo, mais independente, ele tem que pensar, refletir, abrir a sua mente, ver o mundo como ele realmente é e não como os outros dizem que é… O Mundo é como queremos que ele seja!!!

    • vanialuciacoelho 06/01/2011 às 3:43 PM #

      Brigada pela visita.
      Seu blog tava numa lista do WordPress sobre os blogs q mais crescem. Parabéns.
      A propósito, como vc faz pra pôr a opção “compartilhe” no fim de cada post seu?

      • Crash 06/01/2011 às 11:35 PM #

        Sério? Desconhecia tal lista… fico muito feliz com a notícia… valeu!!!

        Quanto a sua dúvida, lembro que é simples mas não lembro como fiz, vou relembrar aqui e te falo logo mais… to te seguindo no Twitter.

        Bjão! ;D

      • vanialuciacoelho 07/01/2011 às 12:36 AM #

        Brigada desde já. Tô seguindo vc tbm.
        Abs.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Claudina Oliveira: quebra (dupla) de paradigmas « - 16/01/2012

    […] o assunto é profissão, são muitos os pré-conceitos.  Socialmente falando, é muito mais comum e “normal” que se […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: