Os pilotos não contam…

8 jan

…mas através da Revista Galileu e do blog Palavroeiro você fica sabendo!
Bom, como você já deve ter percebido, o post de hoje vai revelar algumas informações, pequenos detalhes que os pilotos de avião não costumam sair dizendo por aí.
E como informação é tudo, tanto na terra quanto no céu, é sempre bom estar antenado com essas coisas – Não importa a quantos metros de altitude você esteja.
Então aí vão:

: Muitas vezes um vôo atrasa para que os pilotos possam comer. Tudo porque algumas companhias aéreas não permitem as pausas para refeição.

: Os pilotos não contam aos passageiros algo que vai assustá-los demais, como ” Senhoras e senhores, estamos com uma falha no motor”.

: Em aeroportos com pistas muito curtas é quase impossível ter um pouso suave, mesmo que o piloto seja experiente.

:Falando em pouso, ele é o maior indicador de que o piloto é realmente bom. Quer deixá-lo alegre? diga “Parabéns, você aterrissou muito bem”.

: Uma coisa é quando o piloto diz para os passageiros colocarem o cinto. Agora quando ele pede para os comissários sentarem é sinal de turbulência forte.

: Pouso na água não existe. O que existe é uma colisão com o oceano.

: Viajar como um bebê no colo é extremamente perigoso. Se há algum impacto ou desaceleração, há uma boa chance de você não conseguir segurar seu filho e ele se torna um projétil. Mas a lógica do governo é que se mandarmos você comprar um assento para seu bebê, você irá de carro, e você tem mais chances de se machucar viajando de automóvel do que de avião.

: É impossível que uma turbulência cause uma queda. Os pilotos ficam bobos em ver a quantidade de gente que tem medo de turbulência.

: Ser atingido por raios é comum. Você ouve um barulho alto, vê uma luz forte e não passa disso. Não vai cair.

10º: Muitos não dirigiriam por uma estrada a 100 Km/h sem usar cinto de segurança. Mas quando estão no ar a 800 km/h e o sinal do cinto é desligado, metade tira. Mas se uma bolsa de ar for atingida, a cabeça dos passageiros vai para o teto.

11º: Não há lugar seguro para sentar. Num acidente, as pessoas do fundo morrem, e depois é a vez da frente.

12º: O lugar mais tranqüilo para sentar é perto da asa. Onde mais balança é no fundo. O avião é como uma gangorra, se você vai no meio, não balança muito.

13º: Se você tem medo de voar, marque um vôo de manhã. O calor do solo mais tarde causa correntes de ar, e é mais comum tempestades com trovões à tarde.

14º: As pessoas não entendem por que não podem usar seus celulares. O que pode acontecer se 12 pessoas decidirem ligar para alguém antes de pousar é que o piloto pode ter uma falsa leitura dos instrumentos dizendo que o avião está numa altura maior do que está de verdade.

15º: Pilotos dormem? Sim. Às vezes é só um cochilo de 10 minutos, mas acontece.

Um bom vôo pra você. Até a próxima!

FONTE: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI197693-17770,00-SEGREDOS+QUE+OS+PILOTOS+NAO+CONTAM.html

Uma resposta to “Os pilotos não contam…”

  1. isabel 01/02/2011 às 10:27 PM #

    Muito interessante essa matéria … Adorei saber …

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: