Corpolatria

29 jan

beleza

Já dizia o grande Vinícius de Moraes: “As feias que me desculpem, mas beleza é fundamental”.

Sem hipocrisia, essa frase apenas exibe algo que todos nós sabemos: um rostinho (e corpo) bonito pode abrir muitas portas. Até mesmo em disputas do Mercado de Trabalho, se dois candidatos possuem todos os requisitos necessários e tem um currículo parecido, o desempate fica por conta da aparência física.

Agora, dizer que beleza é fundamental também tem prejudicado muitas pessoas. A ditadura do corpo sarado, da pele perfeita e cabelos lindos tem feito muitos reféns. Em casos mais extremos, tem feito muita gente triste e doente.

Depressão, anorexia e bulimia, compulsão por exercícios físicos. Esses, além do abandono da vida social, pessoal e profissional constituem os sintomas da auto-decepção que as pessoas sentem por não se encaixarem no padrão “belo” imposto pela sociedade.

E, se de um lado o povo tem muito a perder, a Indústria da beleza só tem a ganhar: spas, academias, cosméticos, cabeleireiros, esses sim faturam (e muito!) com essa compulsão pelo “lindo”.

Não podemos nos esquecer também da moda: essa, com suas modelos magérrimas, dá a largada para a “maratona da beleza”. Especialmente agora, com Fashion Rio e São Paulo Fashion Week…

É fato, diante de tudo isso, que a Corpolatria existe. Ela está aí pra todo mundo ver, admirar e, principalmente, faturar.

Infelizmente.

Mas, nem tudo está perdido, afinal, como dizia Sócrates: “A beleza é uma tirania de curta duração”.

E, vamos falar a verdade: de que adianta ser lindo por fora sem um mínimo de conteúdo por dentro?

 

Até a próxima.

 

 

 

 

4 Respostas to “Corpolatria”

  1. Lenise 31/01/2011 às 11:32 AM #

    Vania falou tdooo…
    Uma vdd inserida em nós…
    mas o que me faz sentir melhor é a frase de Sócrates..a beleza um dia acaba…e ai esta a diferença conteudo!

  2. isabel 01/02/2011 às 10:35 PM #

    Oi Vânia,
    É… e nessa corrida maluca pela beleza do corpo, muitas pessoas não param para olhar “o outro”, não dá tempo de realmente conhecer as pessoas…as pessoas estão ficando “vazias”, “ocas”,carentes e solitárias…Bjs.
    Ótima matéria!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: