Ética ou Estética?

10 abr

A semana que passou ficou marcada pela tragédia ocorrida dentro de uma escola pública, no Rio de Janeiro, que culminou com a morte de 12 estudantes e do próprio assassino e suicida, Wellington Menezes.

O fato, sem precedentes na história do Brasil, impressionou todo o Mundo: diversos jornais e canais de TV estrangeiros deram destaque à notícia e tinha até correspondente Internacional enviado para fazer a cobertura do caso direto de Realengo.

Nessa obsessão pela exclusividade, foi possível ver diversos profissionais da imprensa agindo como animais famintos, “caçando” o melhor ângulo, a melhor imagem, a melhor entrevista. A Ética jornalística e humana se transformou em ganância e caiu para segundo plano.

A foto abaixo, tirada durante o enterro de uma das vítimas da tragédia, demonstra tal comportamento. Nela, é possível ver vários fotógrafos “empoleirados” em cima de túmulos, buscando pela imagem perfeita, aquela que demonstrasse de perto a dor dos amigos e familiares:

Uma atitude dessas acaba por excluir completamente o direito dessas pessoas à privacidade, o direito de poder sentir e desabafar sem dezenas de flashs ao redor, sufocando.

O que esses profissionais deveriam buscar, numa hora dessas, é uma forma solidária de enviar a informação ao público interessado, sem ultrapassar as fronteiras, os limites do sofrimento alheio.

A melhor atitude, o melhor ângulo, não é o da imagem sensacionalista que rapidamente será esquecida, mas sim o ângulo do respeito, da empatia, da dignidade. Pessoal ou Profissional.

Até a próxima.

3 Respostas to “Ética ou Estética?”

  1. Igor Ferrarese Ramos 12/04/2011 às 7:11 PM #

    Oie Linda! Que matéria hein! Caramba, crítica extremamente bem feita e com um enfoque muito bem dado ao sensacionalismo! Concordo em gênero, número e grau… Hoje em dia o que vale é a anti-ética! Um Beijão… meus Parabéns! Eu Te Amo! ;))

  2. Igor Ferrarese Ramos 12/04/2011 às 7:14 PM #

    No comentário acima ficou estranho, o que eu quis dizer é que para estes anti-profissionais deste tipo de “jornalismo” de hoje o que vale é a anti-ética! Só uma errata! hehe… Beijos!

  3. DANIFARC 13/04/2011 às 6:44 PM #

    O grande problema do Sensacionalismo hj é: Estamos num mundo globalizado!! Td tem de ser mto rápido, ñ se pode tomar uma edição inteira de um jornal para uma notícia, ñ se pode fazer todos olharem para a mesma coisa por mto tempo… senão o q acontece… O Haiti, por exemplo, foi feita uma grande cobertura no sismo de 1 ano atrás e hj, o país q ñ está nem no começo de sua reconstrução devido à baixa condição financeira, e o q é falado sobre? Cadê as campanhas mundiais solidarizando-se com os haitianos? Q fique bem claro, o cidadão ñ tem de ir atrás das noticias, mas é os meios de comunicação q devem levá-las às pessoas, e de uma maneira responsável…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: