Arquivo | maio, 2011

Pimenta Neves: Justiça que tarda e falha.

29 maio

Agosto de 2000: Sandra Gomide, jornalista do O Estado de S. Paulo, termina o namoro com um colega de profissão e é morta com dois tiros covardes pelas costas. O namorado é Pimenta Neves, diretor de redação do jornal.

Fugindo do flagrante, a primeira tática para se livrar da justiça foi tomar uma enorme quantidade de medicamentos e deixar uma carta de despedida para as filhas. Após isso, veio a internação numa clínica psiquiátrica como forma encenada de justificar seu crime.

Apesar do “apelo psicológico” de Neves, a Justiça de Primeira Instância de Ibiúna (SP) decretou sua prisão preventiva. Após seis meses e depois de recorrer em duas instâncias sem sucesso, foi às portas do Supremo Tribunal Federal que ele bateu em busca da soltura. O então ministro Celso de Mello apenas deu um voto e isso bastou pra que Pimenta Neves tivesse a liberdade provisória concedida.

Após mais de uma década desde o crime confesso pelo jornalista e bastante tempo de tranqüilidade na casa confortável de um bairro nobre de São Paulo, o mesmo ministro Celso de Mello chegou à simples conclusão de que era chegada a hora de cumprir a pena. E então, na noite da última terça-feira, Pimenta Neves foi preso. Não sem antes ter tentado ao extremo, claro, afinal, ele só se entregou após o Supremo Tribunal Federal ter negado por unanimidade seu último recurso. E isso ainda pode não ser o desfecho final da história: devido à idade avançada (74 anos), existe grande possibilidade de que ele cumpra a decisão em “residência particular”.

 Pimenta Neves é, sem sombra de dúvida, a personificação de uma justiça que tarda e falha.

Pimenta-Neves-e-Sandra-Gomide-

 

Fontes: http://www.cartacapital.com.br/destaques_carta_capital/e-o-crime-compensa

http://noticias.terra.com.br/brasil/casopimentaneves/interna/0,,OI987808-EI6824,00.html

Fortaleza Digital

22 maio

Todo sistema é falho, ou, toda regra tem uma exceção. Não importa quão sofisticada seja a tecnologia usada, mesmo as maiores corporações do Mundo se deparam com esse dilema um dia.

Foi o que aconteceu com a NSA, a Agência de Segurança Americana.

livro fortaleza digitalNo livro “Fortaleza Digital”, a missão desse órgão é, como o próprio nome diz, cuidar da segurança dos Estados Unidos. Assim, toda e qualquer ligação ou mensagem via internet de caráter suspeito são interceptadas e seus códigos quebrados por “funcionários” dotados de brilhantes mentes criptógrafas. Em outras palavras, não importa a forma como a mensagem seja escrita: se em um alfabeto comum ou como um código matemático com dezenas de caracteres. Ela sempre será lida.

Porém, todo esse “monopólio informacional” da NSA é assustadoramente abalado quando um ex-funcionário, contrário à política de “invasão de privacidade” da agência, resolve se vingar criando um código inquebrável. O Fortaleza Digital. Algo que nem mesmo o supercomputador decifrador de códigos consegue desvendar.

Como se não bastasse, existe a ameaça de que esse super-programa seja vendido para as grandes empresas do ramo da informática ou, pior, se torne disponível para download gratuito.

Satisfação total para os maiores traficantes e terroristas do Mundo, que já não terão a preocupação de terem suas missões interceptadas pelo governo americano; Desespero total para a NSA e todos os outros órgãos de Segurança, que se vêem diante de um Caos mundial total.

Agora, é preciso correr contra o tempo e desvendar os vários mistérios envolvidos nessa trama tecnológica que coloca em risco a vida de milhões de pessoas inocentes.

 

“Fortaleza Digital” é um livro sobre Sistemas de Informação que realmente te “prende” do começo ao fim.

 

Saiba mais sobre ele aqui.

Internet: um passo na inclusão cultural

16 maio

Quem aí tem familiar, amigo ou algum conhecido deficiente sabe das dificuldades que essas pessoas enfrentam diariamente. Não só as barreiras físicas, mas também as culturais, limitam bastante o acesso desses indivíduos a certos recursos que, por não serem adaptados, se tornam totalmente inviáveis.

Agora, a internet prova mais uma vez sua capacidade de Inclusão.

No site Livro Falado, os deficientes visuais contam com dezenas de Obras, Clássicos da literatura nacional, todos dublados. Basta fazer um cadastro bastante simples aqui e depois escolher a obra a ser lida clicando em Acervo.

O site conta também com as opções Aumentar/diminuir texto e Contraste. Tudo para facilitar a navegação do Deficiente.

Uma outra iniciativa de caráter inclusivo que vem crescendo cada vez mais é a do BlindTube, o primeiro portal de Entretenimento com Acessibilidade. Nele, é possível que o Deficiente, tanto visual quanto auditivo, assista a curtas-metragens através de Audiodescrição.

Esse recurso descreve oralmente, nos mínimos detalhes, as cenas de um filme em que não há falas de personagens. Assim, o deficiente visual consegue enxergar mentalmente todos os detalhes e entender melhor o contexto da história.

No caso de deficiente auditivo, o filme é todo legendado e permite que a pessoa leia e compreenda o contexto.

Nos vídeos abaixo, você pode conferir uma entrevista com Graciela Pozzobon. Ela já fez dublagens de vários filmes e explica ao Jô Soares como funciona o recurso da Audiodescrição. No vídeo é possível conferir, inclusive, uma dublagem improvisada feita para exemplificar o processo descritivo.

 Divulgue você também essas novas opções de Inclusão e abra novas Possibilidades culturais.

Até a próxima.

 

Alie-se às Redes Sociais

8 maio

Twitter, Facebook e Linkedin. Esses são apenas alguns representantes dos nomes inscritos nessa enorme lista de Redes Sociais disponíveis na Web. Inclusive, a possibilidade de que você participe ou, no mínimo, conheça alguma delas é extremamente grande.

Milhares de pessoas acessam esses recursos diariamente. A questão é como isso pode ser feito da melhor (e mais proveitosa) maneira possível.

Eis, então, algumas dicas valiosas de como se aliar a essas três Redes Sociais e desfrutar de todos os seus benefícios:

Twitter: Uma das redes sociais que cresceu mais rapidamente, o Twitter é um serviço de microblog onde é possível fazer postagens com até 140 caracteres.

As vantagens são muitas, dentre elas: Possibilidade de divulgar a sua marca, contratar pessoas, ser contratado, compartilhar conhecimentos, poder manter-se sempre atualizado e ainda ampliar a sua rede de contatos. Um passo e tanto para a vida profissional, não?

http://twitter.com

Facebook: Rede de relacionamentos que mais cresce no Mundo, o Facebook pode dar um “empurrãozinho” na sua carreira. Com os recursos disponíveis, você pode criar uma espécie de “currículo” que conste a Universidade que cursa/cursou, os lugares onde trabalhou, os projetos de que participou e todos os seus resultados. Você pode ainda contar com a ajudinha dos amigos para escreverem cartas de recomendação no seu mural de recados.

http://facebook.com

Linkedin: Rede específica para profissionais, o Linkedin permite que você crie seu perfil profissional postando todo o seu histórico de experiências, sua formação, seus interesses e as últimas atividades das quais participou. Você ainda pode criar uma rede de contatos com pessoas que compartilham dos mesmos interesses profissionais que o seu e assim ficar sempre atualizado sobre as novidades na sua carreira. Além de tudo isso, seus contatos também podem escrever recomendações que aparecerão no seu perfil principal. Não é mesmo um verdadeiro “currículo virtual”?

http://www.linkedin.com

Para completar a lista, aí vão outras dezenas de Redes Sociais para todos os gostos. Tem para os apaixonados por música, por fotografia, esportes, viagens… Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: